(19) 3804-2605 | 3804-2863

Produzido no Brasil - 100% Nacional

Tecnologia

Home Tecnologia

Ao longo dos anos a SP - Pesquisa e Tecnologia desenvolveu equipamentos que possibilitam trabalhar em diferentes condições de processos. Algumas possibilidades podem ser exemplificadas na figura a seguir. Termicamente os processos desenvolvidos pela SP - Pesquisa e Tecnologia são divididos da seguinte maneira:


Secagem

O processo de secagem é a primeira etapa de vários procedimentos industriais. Os equipamentos desenvolvidos pela SP - Pesquisa e Tecnologia apresentam duplo sistema de troca térmica, condutivo e convectivo, o que agrega eficiência ao processo.


Torrefação

O processo de torrefação promove a obtenção de um produto de maior poder calorífico devido a remoção de água e compostos voláteis. A torrefação de biomassa desenvolve-se entre 220 e 300°C. O material resultante apresenta características intermediárias entre o carvão e a biomassa original. A lignina e a celulose também sofrem uma ligeira despolimerização. O rendimento de conversão varia entre 60 e 80% em função das condições de temperatura em que se realiza o processo. Nestas condições a umidade é removida e a hemicelulose degradada, provocando a liberação de ácido acético, frações de fenol e outros compostos de baixo poder calorífico.


Briquetagem

Após o processo de torrefação, a briquetagem permite o aumento da densidade mássica.


Pirólise

O processo de pirólise é baseado na decomposição de resíduos em ambiente ausente de oxigênio, com aquecimento indireto na temperatura de 380 a 420°C, em pressão sub-atmosférica. Como resultado tem-se a conversão em Vapores, Gases Não Condensáveis (GNC) e Carvão.


Calcinação

A calcinação é um processo de decomposição endotérmica irreversível, envolvendo oxidação e mudança de cor do material.


Ativação de Carvão

O processo de ativação do carvão é realizado com o objetivo de aumentar a área superficial, elevando o potencial de adsorção e de catálise de materiais. Para realização deste é necessária a utilização de elevadas temperaturas. O carvão ativado é um produto de alto valor comercial e pode ser utilizado para adsorção de líquidos e gases. A preparação de carvões ativados, a partir da biomassa, envolve em geral duas etapas: a carbonização e a ativação.